Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
  • Acessibilidade
  • Alto Contraste
  • Mapa do Site
  • PortugueseEnglishSpanishChinese (Simplified)FrenchGermanItalian
Página Inicial > Estágio
Início do conteúdo da página

Estágio

publicado 19/01/2022 09h59 | última modificação 11/10/2022 15h06

Estágio é ato educativo escolar supervisionado, desenvolvido no ambiente de trabalho, que visa à preparação para o trabalho produtivo de educandos que estejam frequentando o ensino regular em instituições de educação superior, de educação profissional, de ensino médio, da educação especial e dos anos finais do ensino fundamental, na modalidade profissional da educação de jovens e adultos.


A Lei que regulamenta a realização de estágios no Brasil é a Lei 11.788/2008. Com base nela, o IFMA elaborou normativas internas que regulam a realização de estágios pelos nossos discentes: 

A Resolução nº 42/2016, que estabelece a Política de Estágios e Egressos

Resolução nº 122/2016, que dispõe acerca das normas de estágio supervisionado para os cursos técnicos e superiores do IFMA e apresenta os documentos que devem ser utilizados no encaminhamento, acompanhamento e avaliação de estagiários, bem como aproveitamento de atividades como estágio. A versão editável dos documentos referentes pode ser consultada aqui.


O Convênio de Estágio é um instrumento firmado entre Instituições de Ensino e pessoas jurídicas de direito privado; órgãos da administração pública direta, autárquica e fundacional de qualquer dos Poderes da União, dos Estados, do Distrito Federal e dos Municípios; ou profissionais liberais de nível superior devidamente registrados em seus respectivos conselhos de fiscalização profissional para a concessão de estágio obrigatório ou não-obrigatório a estudantes regularmente matriculados nas Instituições de Ensino, nos termos da Lei nº 11.788, de 25 de setembro de 2008.

Entes públicos, privados, profissionais liberais e agentes de integração que desejarem firmar Convênios de Estágio conosco e divulgar vagas de estágio, podem entrar em contato com os nossos servidores.

Os documentos utilizados na consolidação de  Protocolo de Intenções com o IFMA podem ser consultados aqui. 


Temos 29 campi espalhados por 27 municípios maranhenses, que ofertam cursos técnicos de nível médio e superior. Para saber todos os nossos cursos, acesse aqui.

Entes públicos, privados, profissionais liberais e agentes de integração que desejarem divulgar vagas de estágio aos discentes do IFMA, podem entrar em contato com os nossos servidores.


Campus Açailândia

Fábio Mesquita de Souza (fabio.souza@ifma.edu.br)

Campus Alcântara

Sandro Morett Furtado de Oliveira (sandro.oliveira@ifma.edu.br)

Campus Araioses

Rozinete Alves Pereira (deri.bacabal@ifma.edu.br)

Campus Bacabal

Silimar Costa Silva (claudia.mendes@ifma.edu.br)

Campus Barra do Corda

Evandro da Silva Barros (evandro.barros@ifma.edu.br)

Campus Barreirinhas

Alexsandra Pinheiro Vasconcelos (alexsandravas28@gmail.com)

Campus Buriticupu

Rejane de Freitas Torres Santos (rejane.torres@ifma.edu.br)

Campus Carolina

Thamires Barroso Lima (thamires.lima@ifma.edu.br)

Campus Caxias

Ronilson Pinheiro da Silva (ronilson@ifma.edu.br)

Campus Codó

Maria Christina Ferreira De Oliveira Castro (chriscodo@ifma.edu.br)

Campus Coelho Neto

Ana Patrícia De Andrade Ferreira (ana.ferreira@ifma.edu.br)

Campus Grajaú

Zaiama Karla da Silva de Almeida (zaiama.almeida@ifma.edu.br)

Campus Imperatriz

Neliane Raquel Macedo Aquino (nelianemacedo@ifma.edu.br)

Campus Itapecuru

Keylliane de Sousa Martins (keylliane.martins@ifma.edu.br)

Campus Pedreiras

Andréa Cristina Pereira Serrão (andrea.serrao@ifma.edu.br)

Campus Pinheiro

Rógenes Parga Costa (rogenes.costa@ifma.edu.br)

Campus Presidente Dutra

Antônio do Nascimento Cavalcante (antonio.cavalcante@ifma.edu.br)

Campus Porto Franco

Lucas José da Rocha (lucas.rocha@ifma.edu.br)

Campus Rosário

Marcus Vinicius Araújo da Costa (marcus.costa@ifma.edu.br)

Campus Santa Inês

Rosalina Veras Albuquerque (rosalina.albuquerque@ifma.edu.br)

Campus São João dos Patos

Cicero José Silvestre (cicero.silvestre@ifma.edu.br)

Campus São José de Ribamar 

José de Arimateia Cunha (jaricunha@ifma.edu.br)

Campus São Luís – Centro Histórico

Diana Silva De Araújo (deri.centrohistorico@ifma.edu.br)

Campus São Luís – Maracanã

Aycon Tinoco Lisboa Frazao (aycon.lisboa@ifma.edu.br)

Campus São Luís – Monte Castelo

Roberta Almeida Muniz (roberta@ifma.edu.br)

Campus São Raimundo das Mangabeiras

Tiago da Costa Barros Macedo (tiago.macedo@ifma.edu.br)

Campus Timon

Cristiano Jackson Da Costa Coelho (crisjcc@ifma.edu.br)

Campus Viana

Leovegildo Branco Dominice Neto (leovegildo.neto@ifma.edu.br)

Campus Zé Doca

Jane Nascimento de Oliveira (jane.oliveira@ifma.edu.br)


O que é estágio?

É um ato educativo desenvolvido em ambiente de trabalho de forma supervisionada.

Quem pode fazer estágio?

Estudantes, com mínimo de 16 anos, com matrícula e frequência regulares no IFMA, em curso de educação superior, de educação profissional e da modalidade profissional da educação de jovens e adultos (PROEJA).

A partir de que idade posso estagiar?

Mínimo 16 anos completos até a data de início do estágio.

Quais as modalidades de estágio?

São duas: estágio obrigatório, aquele cuja carga horária é requisito para aprovação e obtenção de diploma, e o estágio não obrigatório, aquele desenvolvido como atividade opcional e cuja carga horária é acrescida à carga horária do curso.

O estágio é remunerado?

Depende. Somente no caso de estágios não obrigatórios, a empresa contratante deverá conceder bolsa ou outra forma de contraprestação ao(à) estagiário(a), bem como o auxílio transporte. No caso de estágios obrigatórios, não há exigências quanto à remuneração do(a) estagiário(a).

Qual o tempo de duração do estágio?

A duração do estágio deverá ser definida no Projeto Pedagógico do Curso e não poderá exceder 02 (dois) anos na mesma instituição. Estudantes com deficiência podem estagiar por mais tempo na mesma instituição , desde que não exceda a data de conclusão do curso.

Qual a carga horária do estágio?

É de 6 (seis) horas diárias e 30 (trinta) horas semanais. Para cursos que alternam teoria e prática, nos períodos em que não estão programadas aulas presenciais o estágio poderá ter jornada de até 40 (quarenta) horas semanais, desde que isso esteja previsto no Projeto Pedagógico do Curso. Esta mesma regra vale para estudantes que já cumpriram todas as componentes curriculares obrigatórias do curso e que estão realizando apenas estágio.

O estágio somente poderá ser realizado com seguro contra acidentes pessoais?

Sim. Tanto na realização do estágio obrigatório quanto do não obrigatório, deverá haver a contratação de seguro contra acidentes em favor do estagiário. No caso do estágio não obrigatório, a empresa contratante deverá arcar com o seguro. No caso de estágio obrigatório, a contratação do seguro poderá ser assumida pelo IFMA ou pela empresa contratante.

Quem trabalha ou trabalhou em áreas afins à do curso pode solicitar aproveitamento dessas atividades como estágio obrigatório?

Sim. Estudante de cursos técnicos de nível médio, PROEJA, tecnológicos ou bacharelados que exerçam atividades profissionais em áreas correlatas à do curso, na condição de empregado devidamente registrado, autônomo ou empresário, poderá solicitar aproveitamento dessas atividades a partir do momento em que se exige o cumprimento do estágio obrigatório, atendendo às exigências previstas no Plano ou Projeto Pedagógico de Curso.  Estudantes de licenciaturas que já portarem diploma de outra licenciatura, com exercício comprovado no magistério e exercendo atividade docente regular na educação básica, poderão ter redução da carga horária do estágio obrigatório de até o máximo de 100 (cem) horas.

Quem  realizou estágios fora do país (estágio internacional), através de programas de intercâmbio ou outros convênios, pode solicitar aproveitamento dessas atividades como estágio obrigatório?

Sim, desde que validados pelo IFMA nos termos das normas vigentes.

Quem realizou atividades de monitoria, pesquisa e extensão pode solicitar aproveitamento dessas atividades como estágio obrigatório?

Sim, desde que isto esteja previsto no Projeto Pedagógico do Curso, que as atividades tenham sido na área de atuação do curso e sejam aprovadas pela Coordenação de Curso. 

Quem participou do Programa de Aprendizagem (Programa Jovem Aprendiz) pode solicitar aproveitamento dessas atividades como estágio obrigatório?

Sim. Estudantes de cursos técnicos de nível médio e PROEJA podem solicitar aproveitamento das atividades práticas realizadas durante a vigência do Contrato de Aprendizagem, desde que previsto no Projeto Pedagógico do Curso e que os termos desta equivalência constem no Contrato firmado entre o(a) estagiário(a), o Campus do IFMA e o estabelecimento em que o programa de aprendizagem foi realizado.

Qual a diferença entre estagiário e jovem aprendiz?

O estágio é designado a estudantes matriculados no ensino médio, técnico ou superior e pode ou não ser remunerado. No Programa Jovem Aprendiz, há a assinatura de Carteira de Trabalho, diferentemente do estágio, que não cria vínculo empregatício.


Fim do conteúdo da página